Filtrar a busca

Categorias

blog

blog

PREENCHIMENTO FACIAL É O PROCEDIMENTO ESTÉTICO MINIMAMENTE INVASIVO QUE PODE AJUDAR VOCÊ A REDUZIR RUGAS E LINHAS DE EXPRESSÃO.

O preenchimento facial é um método usado para criar volumes no rosto, criando contornos, suavizando e eliminando rugas. O preenchimento é uma alternativa temporária para reduzir as rugas e linhas de expressão que começam a aparecer entre os 25 e 30 anos e ficam mais evidentes após os 40 anos. 

O preenchimento facial é conhecido pela sua função de aumentar os lábios e até mesmo para a suavização das olheiras. Hoje, neste artigo, vamos nos concentrar em falar sobre o preenchimento no tratamento das rugas e linhas de expressão.

O QUE É O PREENCHIMENTO FACIAL?

O preenchimento facial é uma aplicação feita com agulha ou cânula, por onde injetamos o ácido hialurônico. Este ácido é uma substância orgânica que já existe nas células do corpo e tem a função de manter vivas as fibras de colágeno que sustentam a pele, mas que ao longo dos anos passa a ser produzido em menor quantidade.

QUEM PODE FAZER O PROCEDIMENTO?

Não existe uma idade máxima para a realização do procedimento. O preenchimento com ácido hialurônico é feito com um tipo de substância que já existe no corpo humano, por isso é considerado um procedimento seguro de ser aplicado. Sendo assim, o risco de rejeição também é menor.

Uma observação é: rugas e linhas de expressão profundas podem requerer múltiplas injeções para alcançar um resultado desejado. Geralmente os locais mais realizados são as pregas do nariz e linhas ao redor da boca.

COMO É A CONSULTA NO DIA DA APLICAÇÃO?

O dia do procedimento tem algumas etapas principais:

  • Primeiro o cirurgião vai ouvir o que você deseja como resultado e avaliar a sua aparência facial e tom de pele;
  • Em seguida, são marcados pontos estratégicos que vão servir como guia das aplicações.
  • Só depois disso, a aplicação é feita. Cada aplicação leva alguns segundos;
  • Depois de feita a aplicação, você recebe uma bolsa de gelo para reduzir os possíveis desconfortos temporários;
  • Agora você já pode retornar às suas atividades normais, seguindo as orientações do seu médico.

QUANTO TEMPO DURA O RESULTADO?

A duração vai depender dos seus cuidados diários na pele e de saúde. De modo geral, o preenchimento dura entre 6 meses a 2 anos. Para obter resultados mais duradouros, recomendo o acompanhamento com dermatologista e cuidados diários com a pele. Além disso, existe ainda a opção de realizar procedimentos cirúrgicos como o facelift para resultados permanentes.

O MÉTODO DE PREENCHIMENTO QUE EU UTILIZO

Profissionais cirurgiões ou dermatologistas podem utilizar diferentes métodos de preenchimento facial. O método que utilizo é o MD Codes, abreviação de Medical Codes.

Ele tem como objetivo dar um efeito de elevação dos tecidos da face de valorização dos seus contornos. Assim as aplicações estimulam a produção de colágeno e ajudam nos diferentes efeitos do envelhecimento da sua pele. 

Quer saber mais sobre as possibilidades do preenchimento com ácido hialurônico e outras opções de tratamentos minimamente invasivos? Então marque a sua consulta comigo. Em nossa conversa eu vou ajudar você a conquistar sua melhor versão. Para acompanhar o meu trabalho e receber conteúdos semanais sobre beleza e cirurgia plástica, acompanhe o meu perfil no Instagram.

Lifting cervical pode ser um dos caminhos para te ajudar a alcançar o rejuvenescimento do pescoço.

O pescoço é uma região esquecida quando se fala em tratamentos estéticos, mesmo sendo uma região fundamental para o equilíbrio da face.

Uma das alternativas para rejuvenescimento do pescoço, o lifting cervical pode ser realizado sozinho ou agregado ao Lifting Facial.

Neste artigo você irá entender mais um pouco sobre esse procedimento e como ele é realizado.

O QUE É O LIFTING CERVICAL?

O lifting cervical é um procedimento cirúrgico realizado na área do pescoço. Esse procedimento pode ser realizado com uma lipo de papada, que consiste na aspiração da gordura localizada sob o queixo, a mandíbula e na porção superior do pescoço, trazendo uma harmonização e rejuvenescimento ao pescoço.

PARA QUEM É INDICADO O LIFTING CERVICAL?

O procedimento é geralmente realizado em mulheres com idade entre 30 e 50 anos, que tenham passado por um período de ganho ou perda de peso. As queixas que levam essas pessoas a considerarem o lifting cervical são relacionadas a alguns desses motivos:

  • Flacidez na região do pescoco;
  • Volume moderado ou aumentado de tecido gorduroso;
  • Queda da musculatura, pregas verticais visíveis (bandas platismais);
  • Rugas cervicais transversas de grau leve a moderado.

COMO É REALIZADO O LIFTING CERVICAL?

A técnica do lifting cervical a ser usada, irá depender de cada paciente e do seu  objetivo, mas elas podem incluir:

  • Lipoaspiração de papada;
  • Uma faixa na incisão da pele do pescoço;
  • Reparação da flacidez muscular cervical.

É importante deixar claro que o lifting cervical não retira pele. E, no caso de excesso de pele no pescoço, pode-se associar o lifting cervical com o lifting facial. Por isso, somente após a consulta e avaliação será determinada a técnica ou a combinação delas. Elas também podem ser feitas de forma individual, em situações específicas. Agora vamos entender como é feita a cirurgia na prática:

Os pequenos cortes costumam ser feitos na região do contorno das orelhas, assim ficam extremamente sutis, para que fiquem imperceptíveis e escondidas pelos cabelos. 

O tempo do procedimento de lifting dura em média 2 horas. Mas lembre-se de que nesse tempo não está incluso o tempo de preparação com anestesia e da recuperação pós-operatória, por isso, se planeje com antecedência. 

O procedimento de lifting cervical pode ser feito com sedação local ou geral, dependendo de cada caso. Portanto, o seu cirurgião plástico indicará o método anestésico mais conveniente para você.

Após a cirurgia, a paciente pode ficar em internação, dependendo das suas necessidades.

CUIDADOS PARA A RECUPERAÇÃO, PÓS LIFTING CERVICAL:

Após a cirurgia, a região pode ficar um pouco inchada. É comum que o médico cubra as incisões com uma bandagem, delicadamente colocada para minimizar os hematomas e ajudar na sua recuperação. A maioria dos  pontos serão retirados entre 8 e 12 dias.

Trouxe aqui algumas sugestões para uma boa recuperação:

  • Repouse com a cabeça ligeiramente mais elevada. Evitar permanecer deitada(o) por longos períodos;
  • Não realize esforços físicos nas duas primeiras semanas. 
  • Evite também ambientes quentes;
  • Não se exponha à luz solar ou à luz fluorescente, especialmente enquanto apresentar equimoses (manchas roxas);
  • Se houver necessidade de retirada de pontos, ela será realizada pela cirurgião de 7 a 10 dias após o procedimento;
  • Dormir preferencialmente de “barriga para cima” nas primeiras 3 a 4 semanas;
  • Fazer o uso da malha elástica conforme orientação médica na consulta.

Além disso, adaptar-se a um estilo de vida mais saudável, caso você não leve um, auxilia a prolongar os resultados, o que inclui exercícios físicos, alimentação saudável, deixar de fumar, entre outros hábitos que podem ser recomendados pelo seu médico. 

Saiba que para alcançar resultados satisfatórios, é fundamental procurar um profissional de confiança certificado pela ​SBCP ​(Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica).

Espero que esse artigo tenha esclarecido algumas de suas dúvidas e se você quiser dar o próximo passo, marque uma consulta comigo, vamos conversar! Faço meus atendimentos em Goiânia e Cuiabá. E para saber mais sobre o universo das cirurgias plásticas, acompanhe meu perfil no Instagram.

Conheça o procedimento que tem como objetivo rejuvenescer o seu olhar e deixá-lo em harmonia com o restante do seu rosto

Quando nos encontramos com outras pessoas é normal que a região dos olhos seja a primeira coisa que notamos, pois essa é uma área muito importante e marcante. Ela pode transmitir muitos sentimentos. Infelizmente, as pálpebras, com o passar do tempo, podem ficar flácidas, causando um aspecto de cansaço, tristeza e envelhecimento, além de pesar sobre os olhos e diminuir o campo de visão.

Além do envelhecimento, existem outros fatores significativos que provocam o aparecimento dessas alterações, como:

  • Genética
  • Não-uso de protetor solar
  • O uso de cigarros
  • Noites mal-dormidas
  • Efeitos de um AVC
  • Ingestão em excesso de açúcar

Nesse artigo irei falar sobre a blefaroplastia, uma das cirurgias mais procuradas quando o assunto é rejuvenescimento facial. 

O que é a blefaroplastia?

A blefaroplastia ou cirurgia da pálpebra é uma cirurgia plástica que retira o excesso de pele e reposiciona a pálpebra, o que resulta de forma positiva em uma aparência menos envelhecida e cansada.

Ao retirar o excesso de gordura nas pálpebras inferiores, esse procedimento deixa de ser puramente estético e passa a ser por questões de saúde, já que o excesso de gordura nessa área pode afetar a visão.

Quando a blefaroplastia é indicada?

A idade avançada e os fatores genéticos, são umas das principais causas que ajudam no surgimento e desenvolvimento da flacidez nas pálpebras. Não existe uma idade ideal para realizar a cirurgia, mas ela é indicada quando:

  • Se tem um excesso de flacidez nas pálpebras;
  • Se tem bolsas de gordura nas pálpebras;
  • Quando se tem ptose (queda da pálpebra por razões musculares);
  • Em situação de pseudoptose palpebral (queda por excesso de pele);
  • Em casos de remoção de xantelasma (bola de colesterol que pode se formar na pálpebra);
  • Quando há um desejo de eliminar rugas e melhorar a aparência dos olhos.

Como é realizada a blefaroplastia?

A blefaroplastia dura em torno de 1h e pode ser realizada sob anestesia local ou geral. Após delimitar a área onde a cirurgia será realizada, que pode ser nas pálpebras inferiores, superiores ou nas duas, o cirurgião faz pequenos cortes para retirar o excesso de pele e gordura, deixando uma cicatriz fina que fica escondida nas dobras da pele ou sob os cílios. 

Para a retirada de excesso de gordura nas pálpebras inferiores, sem excesso de pele, a cirurgia pode ser realizada através de pequenos cortes na parte interna da pálpebra, o que deixa uma cicatriz invisível, que é chamada de blefaroplastia transconjuntival.

Conheça alguns tipos de cirurgia de pálpebra que existem:

  • Reconstrutiva: trata os tumores da pálpebra;
  • Reparadora: trata os ferimentos e as más posições palpebrais;
  • Ptose: trata a pálpebra caída;
  • Retrações: trata as alterações palpebrais geralmente relacionadas à tireóide;
  • Estética: a pálpebra é, muitas vezes, o primeiro local do rosto a mostrar os sinais de envelhecimento.

Cuidados durante a recuperação da blefaroplastia

A maioria dos pacientes não costumam sentir dor no pós-operatório, apenas os mais sensíveis sentem um leve ardor que pode durar de 20 a 30 minutos após o término do efeito da anestesia. Ao final da cirurgia, o cirurgião prescreverá um analgésico comum que ajudará no sintoma.

Veja alguns cuidados recomendados para a recuperação após a cirurgia de blefaroplastia:

  • Repouso nos primeiros 2 dias;
  • Compressas frias nas primeiras 24h;
  • Não abaixar a cabeça 
  • Não dormir de lado ou de bruços, 

De forma geral, o tempo de recuperação da blefaroplastia é de 7 dias. É um dos pós-operatórios mais tranquilos da cirurgia plástica. Com pouca ou nenhuma dor, pode ficar vermelha ou um pouco roxa, mas por pouco tempo, e o resultado é nítido com 15 dias embora o resultado final demore cerca de 2-3 meses.

Espero que este artigo tenha te ajudado a entender mais sobre a blefaroplastia e como ela pode ser benéfica se realizada da maneira correta. Saiba que para alcançar resultados satisfatórios, é fundamental procurar um profissional de confiança certificado pela ​SBCP ​(Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica).

E se você busca ressaltar a sua beleza natural, marque uma consulta comigo, vamos conversar! Faço meus atendimentos em Goiânia e Cuiabá. E para saber mais sobre o universo das cirurgias plásticas, acompanhe leia os blogposts já publicados aqui na página!

A bichectomia é um procedimento estético para remodelar e afinar o seu rosto de forma natural e harmônica

A bichectomia se tornou muito popular a partir de 2014 como um procedimento para pessoas que buscam esculpir e definir as maçãs do rosto. Essa cirurgia tem como objetivo harmonizar e dar contornos bem marcados ao rosto para fins estéticos ou funcionais.

Se você sente-se incomodada com o fato de ter  as bochechas volumosas, gostaria de remodelá-las e assim enxergar a sua real versão este artigo é para você. Continue lendo que vamos tirar todas as suas dúvidas sobre esse procedimento.

O que é Bichectomia?

A bichectomia é um processo cirúrgico, onde eu removo a almofada de gordura bucal, conhecida também como Bola de Bichat, localizada entre a maçã do rosto e a mandíbula do paciente. 

Na infância, essa gordura ajuda o bebê no processo de amamentação, mas na fase adulta ela não é mais necessária e atua apenas para amortecer os músculos na mastigação. Esse tipo de gordura não é utilizado como fonte de energia e também não reduz de tamanho nem mesmo com exercícios físicos.

Como é realizada esta técnica?

A bichectomia é um procedimento cirúrgico considerado simples, e pode ser realizado em consultório, apenas com anestesia local.

Com uma incisão de até 4 centímetros por dentro da bochecha, removemos as bolas gordurosas, dando à face um aspecto mais afinado. Isso acontece porque ressaltamos os ângulos da região de ramo da mandíbula para acentuar a região malar e proporcionar um terço inferior da face menos volumoso.

Quando concluído o procedimento, que dura em torno de 1h,  é feito uma sutura no local dos cortes. Um grande benefício deste procedimento ser realizado por cortes internos é que a cicatrização é mais rápida e não ficam cicatrizes. Os resultados podem efetivamente ser vistos depois de quatro a seis meses quando o inchaço é definitivamente reabsorvido.

Para quem é indicada a Bichectomia?

Existe uma procura muito alta por pessoas com mais de 40 anos para a realização deste procedimento, mas não existe uma faixa etária ideal. Contudo, a única recomendação é que a pessoa tenha mais que 18 anos para realizar a cirurgia, pois é a idade em que o rosto já não estará em fase de crescimento. 

Até o momento, a avaliação clínica tem sido o único método para indicação do procedimento cirúrgico. Em alguns casos realizar o exame de ultrassonografia auxilia em uma melhor percepção do volume da gordura, e auxilia o paciente na sua tomada de decisão da realização ou não do procedimento, evitando assim cirurgias desnecessárias e diminuindo as expectativas irreais dos pacientes.

A Bichectomia pode ser indicada para fins estéticos como a harmonização facial, feminilização do rosto ou definição do contorno facial. Mas também existem objetivo funcionais, como o excesso de volume na bochecha e pessoas que mordem involuntariamente a parte interna das bochechas.

Quais os riscos de realizar este procedimento?

Mesmo sendo uma cirurgia considerada simples e com uma recuperação tranquila, a Bichectomia não deixa de ser uma cirurgia e como todas possui alguns riscos, principalmente se não realizada por um profissional qualificado.

A avaliação médica, é crucial para concluirmos se o procedimento poderá ser realizado ou não, ou se deverá ser indicado com alguns outros procedimentos complementares. Por exemplo, em casos em que o paciente já apresenta uma flacidez facial, é necessária uma avaliação mais minuciosa, pois se for realizada a bichectomia ela pode aumentar os aspectos de envelhecimento no rosto. 

Ou seja, ela pode ser indicada, mas com alguns outros procedimentos complementares. Esse é apenas um exemplo dos riscos de um procedimento indicado e realizado por um profissional que não é especialista.

Vamos analisar mais detalhadamente alguns riscos deste procedimento:

  • Assimetria facial: é um desequilíbrio entre os dois lados do rosto, um lado do rosto é diferente do outro;
  • Lesão nas glândulas salivares: durante o procedimento o profissional lesiona o duto da glândula parótida, que produz a saliva e isso faz com que o líquido fique “preso”  em um local inadequado, o que causa infecções.
  • Infecção: como o procedimento, na maioria das vezes é realizado com incisões na parte interna da boca, que é um local cheio de bactérias, isso pode favorecer o surgimento de infecções;
  • Lesão nos nervos: se durante o procedimento for atingido algum nervo facial, o paciente poderá até perder os movimentos do rosto de forma irreversível.

Quais os cuidados para o pós operatório?

Apesar de ser uma cirurgia considerada simples, a área das bochechas fica perto de glândulas, nervos e artérias e por isso é preciso ter cuidado no seu pós-operatório.

Conheça algumas recomendações para uma recuperação mais confortável:

  • Fique de repouso nos 3 primeiros dias;
  • Escovar os dentes após cada refeição para evitar infecção;
  • Ingerir alimentos líquidos nas primeiras 48 horas;
  • Evitar esforço físico por 3 semanas,
  • Evitar exposição solar por 3 semanas;
  • Fazer compressas de gelo de 3 a 4 vezes ao dia, nos primeiros 3 dias;

O resultado começará a aparecer após 15 dias e o resultado final depois de 90 dias. 

O pós-operatório é um momento muito importante para que o resultado final do seu procedimento seja o esperado. São muitos fatores envolvidos, mas você é um dos principais colaboradores para que tudo corra bem.

Quer fazer uma bichectomia?

Lembre-se de que este é um procedimento que não pode ser revertido. Por isso, analise bem e converse com o seu médico sobre as possibilidades. Ao realizar este procedimento com um especialista você reduz os riscos.

É normal se sentir incomodado com alguma característica particular da aparência do seu rosto. Mas lembre-se, eu estou aqui, para junto com você escolhermos a melhor das opções, para que você possa se sentir bem  com você mesma. Os procedimentos estéticos são uma excelente forma de realçar a beleza já existente. Marque uma consulta comigo e vamos conversar!

Saiba como a otoplastia pode realçar a beleza natural do seu rosto, de forma harmônica e natural.

As orelhas de abano geralmente são um pouco afastadas da cabeça e geram desconforto para muitos pacientes, principalmente durante a infância e a adolescência. Mas existe um caminho na cirurgia plástica para trazer mais equilíbrio e proporção ao rosto: a otoplastia.

O problema é provocado por um defeito congênito, de característica familiar, em que há o aumento do ângulo das orelhas em relação à cabeça. E otoplastia é o termo usado para a cirurgia plástica nas orelhas, que tem como objetivo remodelar a cartilagem das orelhas e posicioná-las de maneira mais harmônica, diminuindo seu tamanho e abertura.

Conhece alguém que já pensou em fazer essa cirurgia? Continue lendo para entender mais!

Quem pode fazer otoplastia?

Não existe idade ideal para realizar a cirurgia! Você pode fazer otoplastia na infância e até na fase adulta, mas quando as orelhas de abano são identificadas desde a fase pré-escolar, o mais indicado é que o problema seja resolvido cedo. Assim, podemos evitar possíveis transtornos psicológicos ao paciente.

Além desse incômodo do paciente com relação às orelhas, existem alguns outros casos em que a otoplastia é recomendada:

  • Casos de macrotia (orelhas com tamanho acima do normal);
  • Pessoas com orelhas escondidas ou deformadas devido a lesões;
  • Pessoas que precisam restaurar ou reconstruir os lóbulos da orelha;
  • Remover queloides ou retirar nódulos na região.

A maior parte das pessoas busca a otoplastia por questões estéticas e que podem impactar a saúde mental, mas existem situações em que há uma questão funcional envolvida. Algumas otoplastias são realizadas com o objetivo de corrigir malformações que podem causar prejuízos funcionais às orelhas externas.

Como é realizada a otoplastia?

Os cortes da otoplastia são feitos de forma discreta atrás da orelha, seguindo a dobra natural da pele. Depois de tirar o excesso de pele e de cartilagem (quando necessário), fazemos o ligamento da cartilagem, para deixá-la mais flexível. Depois, fechamos os cortes com sutura para fixar e manter a autonomia da nova orelha.

Esse processo dura entre 2 e 3 horas e pode ser realizado com anestesia local e sedação ou geral. O tipo de anestesia vai depender da recomendação do seu cirurgião, mas em crianças geralmente é mais indicado o uso da anestesia geral para diminuir o estresse.

A otoplastia em caso de abano é a mais comum, o corte é feito atrás da orelha, a necessidade de ressecar a pele depende de cada caso. Normalmente é retirado o excesso da cartilagem conchal, seguido de confecção da anti-hélice ( dobra que existe na orelha) e por último fixar as cartilagens na mastóide, proporcionando e melhorando o ângulo da orelha.

As cicatrizes são, geralmente, imperceptíveis, já que se localizam atrás das orelhas. Como esta é uma região de pele muito fina, a tendência da cicatriz é ficar muito discreta.

Como é a recuperação da otoplastia no pós-operatório?

Você pode sentir um pouco de dor e desconforto, mas isso é normal no período de recuperação, que dura em torno de 2 semanas. Por isso, seguir as recomendações médicas, com o uso correto dos medicamentos analgésicos, é fundamental para que o desconforto seja o menor possível. Existem alguns pontos importantes que você precisa considerar nessa etapa:

  • Apenas o médico pode retirar os curativos;
  • Evite lavar o cabelo, pois  pode molhar o esparadrapo;
  • Evite sol, frio e pressão no local durante 30 dias.

O inchaço das orelhas só desaparecerá completamente após 3 meses da cirurgia. É nessa etapa que você vai conferir o resultado final.

QUANDO PODERÁ RETORNAR ÀS ATIVIDADES NORMAIS?

Você pode retomar algumas atividades mais simples a partir do 3º dia, mas para crianças, o ideal é voltar para as aulas apenas depois de uma semana. A recuperação completa da cirurgia de otoplastia dura em torno de 2 semanas e nesse período é importante proteger a região da cirurgia e evitar óculos que apertem muito o local.

A orelha de abano pode voltar?

Geralmente isso não ocorre, já que a cirurgia é planejada e realizada com o propósito de ser definitiva. No entanto, em casos raros, o hábito de dormir em posição prejudicial às orelhas ou possíveis traumatismos na região podem fazer com que as suturas se soltem e a orelha se projete novamente para frente. 

Para evitar que isso aconteça, é fundamental ter cuidado redobrado com a região, principalmente nos primeiros meses após a cirurgia. Eventualmente, pode ocorrer a chamada recidiva, ou seja, o retorno espontâneo da cartilagem para a posição original ou próxima. Isso acontece porque a cartilagem tem uma “memória” muito grande e é uma reação natural do organismo.

Saiba como realçar sua beleza natural

As orelhas de abano podem ter muitos impactos na saúde física e mental, mas com a cirurgia plástica de otoplastia, podemos modelar as suas orelhas para alcançar a sua melhor versão.

Conte sempre com um especialista na hora de buscar os procedimentos mais adequados para redesenhar os seus traços. Modelar o corpo humano e realçar a beleza natural dos meus pacientes é o que eu mais gosto de fazer!

Se tiver mais vontade de conversar sobre a otoplastia, é só marcar uma consulta comigo em Goiânia ou Cuiabá.

Descubra o procedimento estético mais adequado para deixar o seu rosto mais jovem.

A partir dos 30 anos, alguns traços de envelhecimento do rosto podem ficar mais aparentes. Se isso é algo que te incomoda, você deve estar buscando pelo melhor tipo procedimento estético para o rejuvenescimento do rosto.

Para isso, organizei algumas informações que vão te ajudar a entender a diferença e algumas possibilidades disponíveis atualmente no campo da cirurgia plástica e do rejuvenescimento facial. Cada pessoa é única e tem suas particularidades quando falamos da vontade de se sentir mais jovem. Agora, a busca de um visual mais jovem e natural vem crescendo cada vez mais.

3 PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS PARA AJUDAR NO REJUVENESCIMENTO FACIAL

Para aguçar a sua curiosidade, trouxe alguns dos procedimentos mais buscados em clínicas hoje: 

  • Facelifting
  • Toxina Botulínica
  • Preenchimento facial. 

Todos estes procedimentos podem atuar na atenuação das rugas e linhas de expressão. Mas você sabe a diferença entre cada um deles? 

Cada uma dessas técnicas tem a sua potencialidade e é isso que vai ajudar você, junto com o seu cirurgião a tomar a melhor decisão. Vamos esclarecer a diferença entre cada um deles!

Lifting Facial

O facelift, ou lifting facial, é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo melhorar os sinais de expressão facial. Atualmente, existem alguns tipos de lifting, como: Lifting Frontal (da testa), Lifting de Sobrancelha e Lifting Tradicional.

De modo geral, as etapas da cirurgia passam pela anestesia, incisão e reposicionamento das camadas da derme. Para fechar as incisões, utilizamos suturas ou adesivos de pele. 

A recuperação e cicatrização do lifting facial pode durar alguns meses, a depender de cada caso. E os resultados aparecem depois de um tempo, com a redução dos inchaços e hematomas. 

É sempre importante lembrar, que o estilo de vida, a genética e os cuidados com a pele são fatores que prolongam os resultados da pele rejuvenescida! Comentei sobre isso neste post aqui sobre lifting facial.

Toxina Botulínica

Quase todo movimento facial pode gerar rugas ao longo do tempo e das vivências. A técnica não cirúrgica que utiliza a toxina botulínica na pele é usada para bloquear os sinais nervosos. Assim, o músculo para de contrair e as rugas que surgem a partir desse movimento são atenuadas.

Este procedimento minimamente invasivo é indicado para a redução das rugas e linhas de expressão, como o conhecido pé de galinha. O resultado final dura entre 3 a 4 meses, que é quando a toxina é absorvida pelo corpo e os músculos passam a se movimentar novamente.

Os músculos da face são complexos, por isso você precisa contar com um médico cirurgião qualificado para alcançar um resultado natural positivo, que não afete a sua expressão facial.

Preenchimento Facial

A técnica mais conhecida de preenchimento é realizada com a injeção de ácido hialurônico. Mas existem outros tipos de preenchimento também, como a utilização da própria gordura corporal no processo.

Diferentemente do botox, essa modalidade é indicada para aquelas rugas ou sinais de expressão que são estáticas, ou seja, visíveis mesmo com o rosto relaxado. Isso acontece pois o efeito do preenchimento é de volume, e não de movimento, como acontece no botox.

A duração do efeito do preenchimento pode variar entre 9 a 12 meses, a depender do tipo de técnica realizada pelo profissional e dos cuidados pós-cirúrgicos.

COMO ESCOLHER O MELHOR PROCEDIMENTO ESTÉTICO PARA BUSCAR O REJUVENESCIMENTO FACIAL? 

Para um resultado mais natural e harmônico, é possível combinar alguns desses procedimentos. Assim, podemos criar juntos a versão que mais traz felicidade e realização para você.

O conceito da cirurgia plástica moderna nos traz justamente essa premissa: a conversa com um médico especialista te ajuda a tomar a melhor decisão, considerando suas expectativas e a possibilidade reais do seu corpo. Este processo envolve uma análise do seu estilo de vida, da sua saúde, das suas expectativas e da sua disposição!

Vamos conversar? Marque sua consulta comigo ou me acompanhe no Instagram para conhecer o meu trabalho.

A rinoplastia moderna analisa o nariz como uma unidade anatômica que promove harmonia em todo o rosto.

A técnica da rinoplastia moderna surgiu para promover maior satisfação com o próprio rosto. Pode ser que você tenha o desconforto com a proporção ou com a funcionalidade do seu nariz, e esta cirurgia pode ser a solução nos dois casos. 

Você já se sentiu incomodado com o seu nariz? Esse artigo foi pensado para você que deseja entender um pouco mais sobre a rinoplastia moderna. Confira e tire suas dúvidas!

QUAL O OBJETIVO DA RINOPLASTIA MODERNA?

A rinoplastia é a cirurgia plástica do nariz, que pode ser feita com objetivos estéticos, funcionais ou mistos. Com o surgimento da rinoplastia moderna, todas as alterações são pensadas considerando o nariz não como algo isolado, mas como parte de todo o rosto.

Isso significa que podemos buscar melhorar a capacidade respiratória e corrigir as imperfeições anatômicas, mas sempre temos como foco um resultado harmônico e natural, adequado aos traços e ao perfil do rosto de cada pessoa.

O objetivo da rinoplastia moderna é moldar o nariz como um dos componentes de uma estrutura maior, o rosto, fazendo mudanças que proporcionem uma harmonia por completo, e não só no órgão como elemento separado.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE RINOPLASTIA MODERNA?

Com essa nova perspectiva sobre o procedimento estético, mais importante do que ter um nariz belo é ter um nariz harmônico e equilibrado com o contexto facial. Partindo dessa ideia, existem duas técnicas:

  • Rinoplastia preservadora
  • Rinoplastia estruturada

Ambos os procedimentos trazem maior grau de harmonia e maior probabilidade de alcançar o resultado esperado, pois fazem uso de estruturas que já fazem parte do rosto e promovem um resultado mais natural.

Rinoplastia preservadora

A técnica da rinoplastia preservadora consiste em modificar somente alguns traços do nariz, para trazer mais naturalidade e harmonia. É uma técnica mais objetiva, que atua em áreas específicas do nariz, preservando outras regiões que normalmente seriam afetadas sem necessidade. 

Essa abordagem foca em preservar mais e danificar menos, permitindo que as modificações estejam alinhadas às expectativas. Por ser uma técnica seletiva, ela promove resultados mais naturais, mais harmoniosos e equilibrados com o contexto da sua face, sem o estigma de “nariz de plástica”. 

Rinoplastia estruturada

Na rinoplastia estruturada, utilizamos cartilagens do próprio paciente para dar sustentação às estruturas nasais, garantindo um reforço que permite a manutenção do formato do nariz de acordo com o que foi moldado pelo cirurgião.

Podemos usar cartilagens da orelha, da costela ou até mesmo do nariz do paciente. E por serem parte do seu próprio organismo, a chance de rejeição do corpo ao procedimento é menor. Com isso, aumentamos a probabilidade de atingir o seu resultado esperado.

QUANDO AS DUAS TÉCNICAS DE RINOPLASTIA MODERNA SÃO INDICADAS?

Não existem técnicas sem restrições na rinoplastia, afinal nem todos os pacientes possuem a mesma anatomia, as mesmas queixas e as mesmas vontades. Contudo, existem alguns casos em que uma técnica ou outra é mais indicada:

  • A cirurgia de rinoplastia preservadora costuma ser mais indicada para pacientes que nunca fizeram nenhum tipo de plástica no nariz.
  • A cirurgia de rinoplastia estruturada é mais indicada quando há mudanças mais complexas na estrutura do nariz, como correção de traumas ou acidentes que necessitam de mais enxertos e reforços na ponta nasal.

APENAS O SEU MÉDICO SABERÁ DIZER QUAL TÉCNICA DE RINOPLASTIA MODERNA FUNCIONA PARA VOCÊ

A rinoplastia é indicada para você que busca fazer alterações na estrutura do nariz como um todo, não só pensando na harmonia das narinas, mas na composição do rosto.

Independente de ser um caso funcional ou estético, a cirurgia plástica do nariz pode trazer uma solução que harmoniza a aparência e melhora a qualidade de vida, promovendo um resultado real ao destacar sua beleza natural.

Entretanto, apenas um cirurgião qualificado possui o conhecimento para avaliar qual caso é melhor para você. Cada caso é único. Então que tal conversar com um especialista para entender sobre suas possibilidades? Marque sua consulta comigo ou me acompanhe no Instagram para conhecer o meu trabalho.

CONHEÇA TODOS OS CUSTOS ENVOLVIDOS NO PRÉ, DURANTE E PÓS OPERATÓRIO PARA FAZER UM BOM PLANEJAMENTO.

Fazer uma cirurgia plástica está nos seus planos? Então tenho certeza de que uma das suas maiores dúvidas deve ser a respeito de preços e valores para esse procedimento.

Existem muitos tipos de cirurgia plástica e cada uma tem as suas particularidades, mas sei também que ter uma noção dos valores praticados no mercado é fundamental para você se planejar financeiramente.

Para te ajudar a dar o primeiro passo rumo à sua melhor versão, fiz uma lista com algumas das principais cirurgias plásticas para você entender melhor sobre os custos envolvidos. É só continuar a leitura!

QUANTO CUSTA UMA CIRURGIA PLÁSTICA?

Não sei se você sabe, mas como médico, é proibido divulgar preços exatos de cirurgias plásticas sem antes avaliar o seu caso individualmente.

Essa é uma recomendação do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para que os profissionais da área estabeleçam seus valores de acordo com o Código de Ética Médica.

Por isso, é importante saber que para chegar a um valor final, você precisa passar por um diagnóstico inicial do seu médico.

Vou te mostrar algumas estimativas para cada procedimento, mas antes, preciso dar um passo atrás e te mostrar que além do procedimento, existem outros custos envolvidos para a realização de uma cirurgia plástica, como:

ANTES DA CIRURGIA

  • A consulta com o seu cirurgião plástico
  • Exames iniciais
  • A prótese que será utilizada

DURANTE A CIRURGIA

  • A equipe médica para o procedimento
  • A sua internação no hospital
  • Anestesia e insumos cirúrgicos

DEPOIS DA CIRURGIA

  • Cintas e sutiãs cirúrgicos
  • Meias de compressão
  • Sessões de drenagem linfática

Agora que você já conhece as principais etapas de uma cirurgia plástica, é hora de verificar os detalhes de cada procedimento individualmente.

TIPOS DE CIRURGIA PLÁSTICA: QUANTO CUSTA CADA PROCEDIMENTO?

Agora sim! Serei o seu guia no seu planejamento inicial. Soluções em cirurgia plástica são minha paixão e a forma que encontrei para conectar pessoas com o seu verdadeiro eu.

ABDOMINOPLASTIA

A abdominoplastia é uma cirurgia plástica realizada com o objetivo de eliminar excesso de pele, gordura e flacidez na região do abdômen. Existe também a mini abdominoplastia, que é feita em pacientes com flacidez localizada logo abaixo do umbigo.

A depender do tipo de abdominoplastia, o preço pode mudar, mas tudo vai depender da orientação do seu médico. O valor de uma abdominoplastia está entre R$ 12.000 e R$ 18.000.

LIPOASPIRAÇÃO

A lipoaspiração tradicional, também chamada de lipoescultura, é uma cirurgia plástica que utiliza a sucção para remover o excesso de gordura localizada com o objetivo de remodelar o contorno e a proporção do corpo.

Você pode fazer lipoaspiração em várias regiões do corpo, como coxas, braços, pescoço, cintura, costas, joelho, peito, bochechas, queixo, pernas e até tornozelos.

Existem ainda outros tipos de lipoaspiração além da tradicional:

  • Lipoenxertia: técnica que retira gordura de uma parte do corpo para injetar em outras
  • Vibrolipoaspiração: técnica que utiliza um aparelho vibratório para retirar gordura de forma menos invasiva
  • Minilipoaspiração: técnica indicada para áreas com menos gordura, apenas com anestesia local
  • Lipoaspiração HD: técnica para aspirar gordura localizada com mais precisão em determinada parte do corpo, levando em consideração o biotipo

Os valores de cirurgias plásticas de lipoaspiração podem variar entre R$12.000R$22.000

MAMOPLASTIA

A mamoplastia é a cirurgia plástica realizada na região das mamas com o objetivo de modificar o formato das mamas, seja pelo aumento ou diminuição do volume.

Existem dois tipos de mamoplastia:

  • Mamoplastia de aumento: técnica que utiliza implantes ou próteses de silicone para restaurar o volume dos seios ou aumentar o volume que já existe
  • Mamoplastia redutora: técnica que remove a gordura em excesso para deixar a mama de um tamanho proporcional com relação ao corpo.

Há também a mastopexia, que é uma cirurgia plástica que visa a reposicionar os seios para levantá-los ou para mudar sua forma.Para realizar uma cirurgia plástica nas mamas, você pode pagar entre R$ 16.000 e R$20.000.

MENTOPLASTIA

A mentoplastia é uma cirurgia plástica realizada para remodelar o queixo e proporcionar um equilíbrio mais proporcional ao rosto.

Este procedimento pode ser de dois tipos:

  • Mentoplastia de aumento: técnica que utiliza um implante de silicone para aumentar a projeção do queixo
  • Mentoplastia de redução: técnica que remove um pedaço do osso para reduzir o queixo

Um procedimento de mentoplastia tem valores entre R$6.000 e R$15.000.

OTOPLASTIA

A otoplastia é uma cirurgia plástica para redesenhar a forma, posição ou proporção das orelhas para dar um aspecto mais harmônico ao rosto.

Mais de uma mudança pode ser feita nas orelhas em uma otoplastia:

  • Remodelar as “orelhas de abano”
  • Restaurar os lóbulos da orelha
  • Remover quelóides e nódulos

Os preços para realizar uma cirurgia plástica nas orelhas ficam entre R$ 7.000 e R$10.000.

BLEFAROPLASTIA

A blefaroplastia é uma cirurgia plástica que retira o excesso de pele e gordura localizado na região dos olhos para amenizar rugas e flacidez.

Ela pode ser de dois tipos:

  • Blefaroplastia superior: essa técnica foca em retirar pele e gordura que estão na pálpebra superior e também no canto interno.
  • Blefaroplastia inferior: técnica que retira pele e gordura da pálpebra inferior

Dependendo da técnica que você escolher, a cirurgia pode custar entre R$5.000 e R$ 8.000.

RINOPLASTIA

A rinoplastia, também conhecida como cirurgia do nariz, é uma cirurgia plástica que pode ter finalidades na aparência ou no bom funcionamento do órgão.

Conheça os tipos de rinoplastia:

  • Rinoplastia estética: aqui, o objetivo é alterar a aparência do nariz para trazer um resultado harmônico e natural, adequado aos traços e ao perfil do rosto de cada pessoa.
  • Rinoplastia funcional: aqui, o foco é resolver questões que comprometem a respiração e afetam a saúde e qualidade de vida do paciente

Se você pensa em fazer uma rinoplastia, pode pagar pelo procedimento entre R$12.000 e R$18.000.

RITIDOPLASTIA (LIFTING FACIAL)

A ritidoplastia, também chamada de lifting facial ou cirurgia da face, é uma cirurgia plástica pensada para o rejuvenescer o rosto amenizando flacidez, rugas e vincos.

Esse procedimento pode ser feito na parte superior, inferior e também central da face, como nas bochechas, pálpebras e até no “bigode chinês”.Realizar uma cirurgia de lifting facial para deixar seus traços faciais em maior harmonia está entre R$ 18.000 e R$24.000.

COMO SABER O PREÇO EXATO DE UMA CIRURGIA PLÁSTICA?

Te mostrei uma média de valores para alguns dos procedimentos mais conhecidos na área da cirurgia plástica. Assim, você pode se preparar melhor para tomar essa decisão.

Se ainda assim, você sente a necessidade de ir a fundo e saber quanto custaria uma cirurgia plástica especificamente para você, eu posso te ajudar!

Prazer! Eu sou o Dr. Conrado. Sou cirurgião plástico, atuo em Goiânia e Cuiabá e ficarei muito feliz em poder te ajudar. É só entrar em contato comigo pelo WhatsApp e agendar uma avaliação.

Para atingir um resultado natural, o lifting facial é indicado para as pessoas que desejam uma aparência mais jovem e natural.

À medida que envelhecemos, certos padrões de mudança ficam mais aparentes em nossos rostos. Para tratar de rugas, marcas de expressão e vincos, existe o lifting facial, uma técnica de cirurgia plástica que tem como objetivo reverter os padrões de envelhecimento do rosto para criar uma aparência jovem, mas natural. 

A ideia não é mudar quem você é, mas simplesmente te levar de volta a uma versão mais jovem de você mesma. Quero que você enxergue no espelho a sua real versão. Quer saber mais sobre como posso te ajudar? Continue lendo!

O que causa o envelhecimento da pele?

Com o passar dos anos, alguns padrões de mudança começam a ficar mais evidentes no rosto. Elas surgem a partir dos 30 anos de idade e progridem lentamente ao longo do tempo, principalmente por causa dos seguintes fatores: 

  • Diminuição da elasticidade da pele
  • Flacidez dos tecidos
  • Perda de volume facial em forma de gordura

No mundo da cirurgia plástica existem muitos termos e técnicas cativantes que podem tornar as coisas bastante confusas para você. Hoje, vou te explicar mais sobre como o facelift pode te ajudar.

VOCÊ SABIA QUE OS SINAIS DE ENVELHECIMENTO SÃO INFLUENCIADOS POR HÁBITOS E ATÉ MESMO PELA GENÉTICA?

Assim como o fator tempo, ao qual todos estamos sujeitos ao passar da idade, a genética tem uma grande influência nos sinais de envelhecimento da pele. Da mesma forma, os hábitos de uma pessoa também influenciam no aparecimento de rugas e linhas de expressão.

Por exemplo, a forte exposição ao sol e o consumo de fumo são fatores que podem influenciar no envelhecimento precoce, ou seja, na aceleração do processo de envelhecimento facial.

Os sinais de envelhecimento podem aparecer em diferentes graus em nosso rosto. Como exemplos comuns temos: a atrofia e flacidez das bochechas e o aprofundamento da prega entre o nariz e a boca. Além disso, vemos a perda de uma linha da mandíbula distinta e a formação de papadas que levam ao aprofundamento da prega entre a boca e a mandíbula.

Como acontece a cirurgia de lifting facial?

LIFTING FACIAL X APARÊNCIA NATURAL

Uma cirurgia de lifting, também chamada de ritidectomia, tem como objetivo reverter alguns dos padrões de envelhecimento para criar uma aparência mais jovem, natural e harmônica. Mas é importante dizer até onde esse procedimento consegue ir! 

A cirurgia de lifting trata somente flacidez dos tecidos, portanto, se o que você procura é a perda de volume facial ou um resurfacing da pele para tratar alterações cutâneas secundárias aos danos do sol, pode precisar de outros tratamentos, como as injeções de gordura, por exemplo.

Isso acontece porque atualmente a cirurgia plástica moderna do rosto se concentra no Sistema Muscular Aponeurótico Superficial (SMAS), que é a camada mais profunda do tecido abaixo da pele. Nos procedimentos, atuamos nessa camada para reposicionar e elevar a flacidez da gordura facial. Assim, conseguimos melhorar o aspecto das bochechas e da papada.

Neste caso, para repor o volume facial perdido, realizamos uma técnica semelhante à lipoaspiração, onde se obtém a gordura do próprio corpo para o preenchimento na face.

O PROCEDIMENTO DE LIFTING FACIAL

Uma cirurgia de lifting facial é feita com uma incisão que começa na costeleta, passa logo na frente da orelha, ao redor do lóbulo da orelha, atrás da orelha e, em seguida, parcialmente no cabelo atrás da orelha. 

E para obter os melhores resultados possíveis, geralmente é preciso fazer um corte que deixa uma pequena cicatriz adicional abaixo do queixo, mas ela fica bem escondida na região do pescoço.

E o Mini Lifting: quando fazer?

O Mini Facelift é uma variação do Lifting Facial e costuma ser uma opção quando a flacidez no rosto é de grau leve.

Ele é buscado cada vez mais no Brasil porque é um procedimento menos invasivo. Ou seja, modifica áreas estratégicas do rosto e é ideal para pessoas com marcas de expressão mais suaves. Essa cirurgia atua no terço médio da face, nas bochechas e no canto da boca com uma incisão apenas na orelha. Isso faz com que a cicatriz fique mais discreta, se misturando bem com o cabelo.

Outra vantagem está na recuperação! Se trata de um procedimento mais simples que foca na alteração de uma parte específica do rosto. Isso faz com que sua recuperação também é mais rápida do que a do facelifting. Ela permite que em duas semanas, você já possa retomar suas atividades normalmente.

Saiba como ter certeza se o lifting facial é para você

Por ser um processo de rejuvenescimento, o lifting facial  é ideal para você que tem entre 40 e 50 anos e que deseja suavizar suas expressões faciais, sejam elas: rugas no rosto e/ou pescoço, flacidez ou excesso de gordura no rosto. 

Entretanto, apenas um cirurgião qualificado possui o conhecimento para avaliar qual caso é melhor para você. Cada caso é único. Então que tal conversar com um especialista para entender sobre suas possibilidades? Marque sua consulta comigo ou me acompanhe no Instagram para conhecer o meu trabalho. 

Quer marcar
uma consulta?

O primeiro passo para a sua cirurgia plástica é uma boa conversa. Preencha o formulário abaixo e vou te responder o quanto antes!